A “Odisseia Estudantil” pretende difundir a importância das viagens

Compartilhe

Estive na Editora SELO no dia 10 de dezembro de 2017 para conceder uma entrevista ao Editor-Chefe, o Sr. Larry Mello, e falar sobre a “Odisseia Estudantil”, um projeto que venho delineando ao longo de muito tempo. Na realidade, constato que desde criança, quando viajava pelos mapas e livros, já estava se esboçando essa perspectiva que em breve será lançada no site, nas mídias sociais e outros meios presenciais e virtuais.

Como o próprio Larry salienta, eu sou um grande entusiasta das viagens, do turismo e da educação. Nesse sentido, a partir dos estudos e pesquisas efetuados nessas últimas duas décadas, publiquei dois livros: Turismo, Educação e Acolhimento: um novo olhar, pela Editora Roca, em 2006, e Viajando… se (trans)formando, pela Bookstart, em 2015. Além desses, há diversos outros que estão no “forno” para serem publicados ao longo do próximo ano e anos seguintes. Aguardem!

Esses estudos estão na base do projeto educacional “Odisseia Estudantil”. Nele, vamos tratar da possibilidade de se obterem Experiências de Aprendizagem, de Formação e de Educação por meio das Viagens, as EAFEV’s.

Na breve conversa que tivemos, adiantei ao Larry que a partir de 2018, pretendo dar início ao projeto, que tem por objetivo orientar jovens e adultos sobre a importância das viagens como um processo de transformação pessoal. A “Odisseia Estudantil” vai se desenvolver tanto por meios digitais, quanto por meios físicos, com publicações de materiais literários e, ainda, em atividades presenciais, como ciclo de palestras e workshops/oficinas itinerantes pelo Brasil, além de minicursos variados.

Na minha visão, o conceito da “Odisseia Estudantil” consiste na proposta inovadora de ampliação do espaço de aprendizagem, pois ele é plural, multirreferencial, simples, mas também complexo. Pretendemos, além de trazer o mundo para dentro do ambiente escolar, como tradicionalmente se faz com as aulas de Geografia, História, Filosofia, Línguas e outras disciplinas, propor igualmente sensibilizar os alunos a obterem conhecimento por meio das viagens.

Mais informações sobre a nova forma de aprender, você confere no vídeo da entrevista e, também, neste site e nas postagens e matérias futuras. Se gostou, curta, compartilhe e divulgue!! Ajude-nos a difundir essa ideia!!!

Facebook Comments